A História do Social Marketing

O social marketing começou como uma disciplina formal, em 1971, com a publicação de “Social Marketing”: Uma Abordagem a uma mudança social planeada.
Social marketing foi inicialmente mais explorado por organizações ligadas á saúde pública. Mas havia uma necessidade de “em grande escala, os programas de mudança de comportamento se centrarem em melhorar a saúde pública (prevenção de doenças cardiovasculares) por isso foram elaborados oito componentes essenciais do social marketing que ainda hoje se aplicam.

Os 8 Componentes essenciais do social marketing

  • 1. Uma orientação do consumidor para executar metas organizacionais sociais
  • 2. Uma ênfase na troca voluntária de bens e serviços entre fornecedores e consumidores
  • 3. Investigação em análise de audiência e estratégias de segmentação
  • 4. A utilização da pesquisa na formação e mensagem do produto e de concepção e pré-teste desses materiais
  • 5. Uma análise dos canais de distribuição (ou comunicação)
  • 6. Utilização do marketing mix – que utiliza a mistura do ‘produto’, ‘preço’, ‘local’ e as características da ‘promoção’, na intervenção do planeamento e execução
  • 7. Um sistema para monitorizar o processo, com funções integrativas e de controlo
  • 8. Um processo de gestão que envolve a análise do problema, planeamento, implementação e funções de feedback

“A campanha de mudança social é um esforço organizado, conduzido por um grupo (o agente da mudança), que tenta convencer os outros (o publico alvo) para aceitarem, modificarem ou abandonarem certas ideias, atitudes, práticas ou comportamentos.”

Nos últimos anos tem havido uma evolução importante para distinguir entre “social marketing estratégico” e “social marketing operacional”.

Grande parte da literatura e exemplos focam em casos de “marketing operacional social”, usando-a para alcançar metas específicas de comportamento em relação aos diferentes públicos e tópicos. Contudo, tem havido cada vez mais esforços para assegurar que o social marketing cresça e que seja utilizado de forma mais estratégica para informar tanto “formulação de políticas ‘e’ Estratégia de Desenvolvimento ‘.


3 comentários

  1. Laura Alfonzo

Deixe a sua resposta