Respeito e motivação andam juntos

Todo ser humano realiza suas atividades em busca de recompensa, mas existem várias formas de recompensas, a maioria acha que colaboradores estão atrás de dinheiro, mas nem sempre é assim.

Claro que as pessoas precisam de dinheiro, mas ser respeitado, pesa  na decisão de um colaborador em permanecer em sua organização e o motiva para ser mais produtivo.

O fazer as pessoas se sentirem parte da empresa

Se seu negócio é fundamental para que a produtividade seja potencializada e seus resultados sejam multipliccados. Faltar com o respeito com seus colaboradores, momentaneamente pode gerar algum condicionamento, medo e até parecer torná-los mais produtivos, mas gera um stress e frustração tão grande que faz com que desempenho reduza e se torne menos produtivo. Correções precisam ser feitas, controle precisa existir, mas precisamos saber como fazer isso de forma digna e respeitosa.

Conheci um homem que liderava uma equipe a anos, apesar de ser muito experiente nunca conseguiu fazer com que sua equipe realizasse o que propunha em sua totalidade. Geralmente em toda sua vida, somente 30% de sua equipe obedecia os seus ensinamentos e os outros 70% ignorava de forma fria e sutil. Apesar de nas reuniões e sempre que tinha oportunidade de fazer ele falava horas, sobre os 70%.

Reclamava que somente 30% fazia e que os 70% não estavam vestindo a camisa da organização, não eram compromissados, chegando a dizer de como eles não tinham vergonha de fazer o que fazia, por não colaborar com o crescimento da organização. Falava, falava e falava, chegando a constranger e intimidar os colaboradores desobedientes, mas não existia crescimento no resultado. Somente os 30% continuavam fazendo. Isso o deixava nervoso, pois ignoravam totalmente suas ordens.

Apesar de em toda sua carreira existir uma tentativa de condicionamento dos colaboradores, observarmos que os mesmo 30% eram os que continuavam fazendo, porem começamos a observar que a produtividade caía. Eles realizavam as atividades, mas a produção caía dia a dia.

Como pode com tanto controle, falatório e tentativa de condicionar os colaboradores a produção continuar a cair? O fato se dava por ele não perceber que o seu foco era somente em cima dos 70% ele era obcecado para conseguir condicionar esses colaboradores rebeldes, era uma questão de honra e não percebia que os 30% nem mesmo eram citados positivamente.

Eles não eram reconhecidos ou respeitados, era como se eles não existissem. O efeito disso era que os 70% não se sentiam motivados a fazer o que era feito pelos colaboradores obedientes, por ver que não era vantajoso ou seja, eles não eram reconhecidos, fazer parte destes 70% era mais fácil era só ficar inerte.

Consecutivamente os obedientes estavam condicionados e mentalmente não deixaria de realizar as atividades, mas com o passar do tempo eles perdiam a motivação e com isso a intensidade diminuía gradativamente. Xingatórios em publico intimidavam os obedientes, mas não comoviam os rebeldes.

Claro que todas estas coisas eram resultados do subconsciente, os rebeldes não eram conscientemente rebeldes, eles tentavam executar,mas as atividades não eram nunca o esperado, de igual modo os obedientes não eram bonzinhos mas inconscientemente tinha medo e temor de ser chamados atenção.

Aparentemente parecia para esse líder o caminho do terror mais eficiente, mas estava faltando respeito com os 30% e os 70% não viam nenhuma possibilidade de serem reconhecidos, pois se quem fazia não ganhava nada.

Tudo poderia ser diferente se o discurso fosse outro. Imagine se ao invés de constranger, xingar e coagir os 70% ele chegasse com o seguinte discurso:

Estou muito feliz hoje por que estive olhando os relatórios e 30% de vocês executaram as tarefas propostas que geraram os resultados e novas conquistas para nossa empresa. Vocês que executaram essa tarefa, salvaram o emprego de vocês, bem como dos que apesar de se esforçarem não conseguiram fazer o que foi proposto. Sabemos que no mês que vem outros conseguiram fazer, pois a repetição gera habilidades, mas hoje vocês 30% são os heróis do mês. Permaneceremos aqui por causa de vocês, parabéns e muito obrigado!

Nossa organização é um sucesso por causa de vocês, sei que posso contar com vocês para bater as metas no mês que vem. Nos coloquemos de pé todos e aplaudamos estes que salvaram nossa organização este mês.

respeito-e-motivacao-andam-juntos

Não é diferente? Pode ter certeza, que no mês seguinte o pessoal ia concorrer forte para bater as metas, se sentiriam respeitados e os desobedientes apesar de não terem sido citados, se sentiriam incomodados e com certeza no mês seguinte bateria as metas. Observe que até aqui não houve nenhuma recompensa financeira. Suas palavras como líder tem grande valor para seus liderados. É barato é fácil e muito eficaz.

Para se ter sucesso com sua equipe elogios devem ser feitos em publico, correções devem ser realizados individualmente e por fim foque e mostra que se importa e respeita os que fazem o correto, mesmo que seja só um. Valorize este pouco e muitos outros virão.


Deixe a sua resposta