Porque é o planeamento de marketing é essencial?

As empresas operam em ambientes cada vez mais hostis e complexos. A capacidade de uma empresa realizar vendas rentáveis é impactado por dezenas de factores ambientais, muitos dos quais estão inter-relacionados. Faz sentido tentar trazer alguma ordem a este caos, entendendo o ambiente comercial e trazendo algum sentido estratégico para o processo de comercialização de produtos e serviços.

Um plano de marketing é útil para muitas pessoas, num negócio.
Pode ajudar a:

  • Identificar as fontes de vantagem competitiva
  • Ganhar compromisso com uma estratégia
  • Obter os recursos necessários para investir e construir o negócio
  • Informar os accionistas do negócio
  • Definir objectivos e estratégias
  • Medir o desempenho

Lembre-se que o mercado por si só não vai garantir as vendas, mas um plano de marketing, bem estudado e coerente vai aumentar as probabilidades da construção de relações rentáveis, a longo prazo.

Dicas para escrever um plano de marketing

  • Definir alvos claros, realistas e mensuráveis – por exemplo, aumentar as vendas em 10%
  • Incluir prazos para cumprimento dos objectivos
  • Fornecer um orçamento para cada actividade de marketing
  • Especificar quem é responsável por cada actividade

Certifique-se de que dá atenção a cada um dos seus objectivos, logicamente. Por exemplo, pode definir uma meta para o número de novos pedidos, mas se não fornecer os recursos e formação para dar seguimento a estas questões e transformá-las em vendas, terá um aumento dos custos, sem benefícios.

Ligue-se á sua estratégia

Deve avaliar o ambiente de negócios para identificar as oportunidades e ameaças que enfrenta. Veja onde pode capitalizar sobre os seus pontos fortes, ou aonde precisa de superar uma fraqueza.

Todas as partes da sua empresa devem trabalhar juntas. Por exemplo, se tem um fluxo de caixa limitado, deve evitar grandes encomendas, de clientes que exigem crédito prolongado ou que o envolvam em grandes custos iniciais.
Deve concentrar-se na sua estratégia de longo prazo. A redução de atendimento ao cliente pode aumentar os lucros a curto prazo, mas no próximo ano poderá não ter clientes.

Faça com que aconteça

Um plano não vai acontecer por si próprio. Tem que nomear alguém que se responsabilize pelo acompanhamento da evolução e execução das actividades em atraso. Rever o progresso também o irá ajudar a aprender com os seus erros para que possa melhorar os seus planos para o futuro.

Resumo e introdução do plano de marketing

O seu plano de marketing deve começar com um resumo executivo, que lhe dará uma visão geral dos principais pontos do plano.

No entanto, embora o sumário executivo apareça no início do plano, você deve escrevê-lo no fim. Escrever o resumo é uma boa oportunidade para verificar se o seu plano faz sentido e se inclui todos os pontos importantes.

Estratégia de negócios

O plano deve incluir a estratégia global de negócios, incluindo:

  • Qual o tema do seu negócio (a sua missão de negócio)
  • Seus objectivos chave, de negócios
  • A sua estratégia, ampla, para atingir esses objectivos

Isto ajuda a garantir que o seu plano de marketing, sua estratégia de marketing e sua estratégia de negócio global funcionem juntos.

Análise externa e interna, para o seu plano de marketing

Entender o ambiente em que a sua empresa opera é uma parte essencial do planeamento, e permite discernir as ameaças e oportunidades associadas à sua área de negócio.

  • As mudanças políticas e legais, assim como novos regulamentos
  • Factores económicos, como taxas de juros, taxas de câmbio e confiança do consumidor
  • Factores sociais, como a mudança de atitudes e estilos de vida e envelhecimento da população
  • Factores tecnológicos, tais como novos materiais e a crescente utilização da Internet

Também precisa entender as suas próprias forças e fraquezas internas. Os principais pontos fortes de um novo negócio podem ser, um produto original ou o entusiasmo dos empregados. Os pontos fracos podem ser, a falta de uma base de clientes existentes ou recursos financeiros limitados.

Implementar o plano de marketing

O seu plano de marketing deve fazer mais do que simplesmente dizer o que você quer que aconteça. Deve descrever cada passo necessário para se certificar de que isso acontece. O plano deve incluir um cronograma de tarefas fundamentais. Isso define o que será feito e até quando. Consulte o calendário quantas vezes possível para evitar perder os seus objectivos de vista, sob a carga de trabalho diária.

Recursos
Também deve referir os recursos de que precisa. Por exemplo, dos folhetos de que precisa, se estes precisam estar disponíveis para distribuição digital (por e-mail ou a partir do seu site). Ver quanto tempo leva a vender aos clientes e se tem vendedores suficientes.

Custo
O custo de tudo no plano, precisa de ser incluído no orçamento. Se as suas finanças são limitadas, o seu plano deve ter isso em conta.

Controle
Assim como estabelecer o cronograma, o plano precisa dizer como este vai ser controlado. Precisa de uma pessoa que assuma a responsabilidade de fazer com que as coisas aconteçam. Um bom calendário e orçamento devem facilitar a medição e o progresso. Quando as coisas se atrazam, ou os custos são superados, você precisa de estar pronto para contornar a situação e adaptar o seu plano nesse sentido.

De tempos em tempos, tem que perguntar se o plano está a funcionar. O que pode aprender com os seus erros? Como pode usar o que sabe para fazer um plano melhor para o futuro?


Deixe a sua resposta