Optar pelo registo de domínio nacional ou internacional

Hoje em dia é fundamental para o sucesso de uma empresa ter presença garantida na internet. Empresas que escolhem ter uma presença online precisam, no entanto, de registar um domínio forte como parte da sua estratégia de publicidade. O domínio escolhido deve representar e estar de acordo com os princípios e objetivos da empresa, ao mesmo tempo que deve ser assegurado por um bom serviço de suporte. Seguindo estes dois importantes critérios, registar um domínio para uma empresa aumenta o potencial para atrair novos mercados e audiências, o que se traduz num significativo aumento do número de  clientes.


Vantagens do registo de domínio nacional ou internacional

A escolha entre um registo de domínio nacional ou registo de domínio internacional deve ser avaliada conforte as necessidades da empresa. Ambas as opções apresentam algumas vantagens distintas a ter em conta:

  • Registo de domínio internacional – Registar um domínio num serviço de topo internacional tem regras mais liberais, não exigindo tanta burocracia. O registo pode ser feito online e quase de forma imediata. É uma boa opção para uma empresa que pretenda entrar mais facilmente no mercado estrangeiro, podendo eventualmente dar maior capacidade de internacionalização a um site ou serviço. Os preços praticados pelo registo internacional são normalmente mais baratos que no nacional.
  • Registo de domínio nacional – Actualmente é mais imediato que uma empresa ou marca nacional seja procurada neste domínio, em detrimento de um registo internacional mais comum, com extensão .com ou “.net”. Outro benefício que traz à empresa é o fato desta poder contar com um endereço de email com o mesmo domínio registado em “.pt”. É também uma forma eficiente de conseguir localizar a empresa geograficamente a nível internacional, ao mesmo tempo que pode ajudar a distanciar o nome e a marca do actual clima negativo que rodeia as “.com”. Em termos económicos, a renovação de um registo de domínio nacional é mais barata que um internacional.

Por vezes faz sentido comprar vários domínios em torno do mesmo projeto. Para evitar que alguém possa confundir a sua empresa ou marca com outra, é aconselhável que as registe nos vários domínios de topo nacionais e internacionais. Embora seja uma opção mais dispendiosa inicialmente, a verdade é que assim consegue evitar que os seus clientes e possíveis visitantes vão parar à concorrência, o que a longo prazo iria significar um prejuízo ainda maior para a sua empresa. Se conseguir registar o endereço em vários domínios é depois tecnicamente fácil redireccionar o tráfego para a mesma página sem perder os visitantes.

O exemplo mais óbvio é o registo de várias extensões do mesmo nome, ou seja, se o dominio que escolher é “.pt”, faz sentido registar também as extensões “.net” e “.com”, de forma a proteger o seu domínio e impedir que outras pessoas o copiem. Por exemplo, se possui o site “minhaempresa.pt”, também pode registar “minhaempresa.com” e outras extensões disponíveis, mesmo que só utilize a extensão “pt”.

Outra razão que pode contribuir para registar mais do que um domínio é a possível internacionalização da empresa e entrada em novos mercados estrangeiros. Embora seja possível ter várias línguas no mesmo domínio, ou em sub-domínios do principal, a verdade é que o registo de domínio internacional vai proporcionar uma forma mais simples de atingir esse mercado, que possivelmente apresenta keywords distintas das do mercado nacional. Registar um domínio para uma empresa é uma cartão de visita para atrair mais clientes no competitivo setor empresarial atual.


Deixe a sua resposta