Digital Marketing

Digital Marketing é a promoção de marcas, utilizando todas as formas de publicidade digital. Hoje isto inclui, televisão, rádio, Internet, telefones celulares e qualquer outra forma de média digital.

Digital Marketing é a prática da promoção de produtos e serviços através de canais de distribuição digital para atingir os consumidores de forma atempada, relevante, pessoal e custo eficiente.

Apesar de digital marketing incluir muitas das técnicas e práticas contidas na categoria de Internet Marketing, ela estende-se para além disto, incluindo outros canais, (com os quais atingir as pessoas) que não exigem o uso da Internet. Como resultado desta falta de confiança na Internet, a área de digital marketing inclui um conjunto de elementos, tais como telemóveis, SMS / MMS, display / banners e digital ao ar livre.

Antes visto como um serviço autónomo por direito próprio, é frequentemente visto como um domínio que pode e faz maior cobertura, se não de todas, as áreas do marketing tradicional como marketing directo, providenciando o mesmo método de comunicação com uma audiência, mas de uma forma digital. Digital agora está a ser ampliado para suportar o ‘serviço’ e ‘envolvimento’ dos clientes.

Existem duas formas de digital marketing, cada qual tem as suas vantagens e desvantagens

Pull (Puxe)

Tecnologias de Pull digital marketing obrigam a que o usuário tenha que procurar e puxar directamente o conteúdo através de pesquisa na Web. Sites multiMédia / blogs e streaming (áudio e vídeo) são bons exemplos disso. Em cada um desses exemplos, os usuários têm uma ligação específica (URL) para visualizar o conteúdo.

Vantagens do pull marketing:

  • Não há restrições em termos do tipo de conteúdo ou o seu tamanho, visto que o utilizador determina o que quer.
  • Nenhuma tecnologia necessária para enviar o conteúdo, apenas para o armazenar / exibir.
  • Não há regulamentação ou auto-exclusão necessária para o processo.

desvantagens do pull marketing:

  • Considerável esforço de marketing necessário para que os usuários encontrem a mensagem / conteúdo.
  • Limitada capacidade de monitorização – somente de downloads, visualizações de páginas, etc.
  • Nenhuma personalização – o conteúdo é, recebido e visto da mesma maneira por qualquer audiência.

Push (empurre)

Tecnologias de Push digital marketing envolvem tanto o comerciante (criador da mensagem), bem como os destinatários (o utilizador). RSS, e-mail e SMS, são exemplos de Push digital marketing. Em cada um destes exemplos, o comerciante tem que enviar (push) as mensagens para os usuários (assinantes), para que a mensagem seja recebida.

Vantagens do push marketing:

  • Pode ser personalizada – mensagens recebidas podem ser altamente direccionadas e específicas para os critérios seleccionados – como uma oferta especial para o sexo feminino, 21 anos ou mais e que vivem em Coimbra.
  • Regras de monitorizamento e relatórios – os comerciantes podem ver, não apenas quantas pessoas viram a sua mensagem, mas também informações específicas sobre cada usuário, como o seu nome, bem como dados demográficos e psicográficos.
  • Alto retorno sobre o investimento (ROI) (possível) – se for executado correctamente, mensagens push podem ajudar a impulsionar novas receitas, bem como reforçar a marca.

Desvantagens do push marketing:

  • Questão de cumprimento – cada tecnologia de mensagens push tem o seu próprio conjunto de regulamentos, desde as (RSS) às fortemente controladas (e-mail e mensagens de texto.)
  • Requer mecanismo para a entrega do conteúdo – o comerciante tem que usar uma aplicação para enviar a mensagem, desde um sistema de e-mail marketing a alimentadores de RSS.
  • A entrega pode ser bloqueada – Se o comerciante não seguir os regulamentos estabelecidos para cada tipo de mensagem push, o conteúdo pode ser recusado ou rejeitado antes de chegar ao destinatário.

Digital Marketing e Multi-Channel Communications (vários canais de comunicação<)

Enquanto o digital marketing é eficaz a usar um tipo de mensagem, tem muito mais sucesso quando um comerciante combina vários canais nas campanhas da sua mensagem. Por exemplo, se uma empresa promover o lançamento de um produto novo, pode mandar uma mensagem de e-mail ou campanha de texto individualmente. Isto, se executado correctamente, pode produzir resultados positivos. No entanto, esta mesma campanha pode ser melhorada de forma significativa se forem implementados vários tipos de mensagens.
Um e-mail pode ser enviado para uma lista de potenciais clientes com uma oferta especial para aqueles que incluírem também o seu número de telemóvel. Alguns dias depois, no seguimento da campanha seria enviada uma mensagem de texto (SMS) com a oferta especial.

As tecnologias das mensagens Push e Pull também podem ser usadas em conjunção uma com a outra. Por exemplo, uma campanha de e-mail pode incluir um banner ou uma hiperligação para download do conteúdo. Isso permite que um comerciante tenha o melhor dos dois mundos em termos de métodos de marketing.


Deixe a sua resposta