Dicas para entrevistar um potencial empregado

Ao entrevistar um potencial empregado para o seu negócio, é preciso ter algumas coisas em mente, de forma a tornar a entrevista o mais produtiva possível, tanto para si como para o candidato a emprego.

Em primeiro lugar, existem algumas questões que não deverá colocar, tanto por uma questão ética como por uma questão legal. Perguntas relativas a religião, estado civil, orientação sexual, etc, devem ser evitadas e em nada contribuem para realmente avaliar as competências do candidato.

Em segundo lugar, depois de contratar um empregado, tem deveres em relação a este, como o salário, benefícios e subsídios, por isso convém que faça a escolha mais acertada.

Uma entrevista bem organizada e minuciosa é a melhor forma de evitar possíveis dificuldades a acorrer num futuro, a curto ou longo prazo, para si e para o empregado. Se o candidato não é o mais apropriado, então é preferível que fique a sabê-lo na entrevista e não depois de o contratar.

Conheça algumas dicas que o vão ajudar a entrevistar um potencial empregado e que lhe vão possibilitar fazer a escolha mais acertada.

Seleccione os candidatos para a entrevista

O seu tempo é valioso, e não existe nenhum fundamento válido o suficiente para que perca tempo a entrevistar um candidato a emprego que não apresenta as competências necessárias para a função. Não só estará a perder o seu tempo, como também o tempo do próprio candidato.

Analise os diversos currículos com algum cuidado, de forma a excluir os candidatos que não se adequam ao que a empresa pretende. Não seja tímido quanto ao envio de um e-mail ou fazer um telefonema com o objetivo de obter mais informações antes de conceder uma entrevista.

Limite o número de entrevistas a cinco ou seis, de modo que possa dar a cada um dos candidatos o tempo e atenção adequadas, e de forma a que tenha todas as entrevistas bem frescas na sua mente na hora de fazer a sua escolha.

Foque-se na inteligência e na atitude

Durante a entrevista, dedique mais tempo a perguntas que revelem a inteligência, pensamento crítico e atitude do candidato a emprego, e menos tempo às suas realizações anteriores. Uma pessoa inteligente, entusiasmada e com a atitude certa, embora com menos experiência, vai certamente sair-se melhor na sua função do que uma pessoa altamente qualificada, mas com uma péssima atitude.

Coloque ao candidato a emprego alguns “desafios” durante a entrevista. Transforme a entrevista numa conversa ao invés de um interrogatório. Quanto mais à vontade você conseguir colocar o candidato, com melhor ideia irá ficar de como ele se irá comportar num ambiente de trabalho do dia-a-dia.

Deixe o candidato fazer perguntas

Durante a entrevista deixe que o candidato coloque perguntas sobre o ambiente de trabalho, o cargo disponível e tudo o que ele quiser saber acerca da empresa a que se candidatou. Se um candidato não tem dúvidas, pode ser um mau sinal. Um candidato entusiasmado com a possibilidade de vir a trabalhar na empresa terá perguntas que ele quer ver respondidas, assim como qualquer candidato inteligente terá preparado algumas questões para a entrevista. Lembre-se que é possível avaliar a personalidade e atitude de um candidato a emprego através das perguntas que ele coloca na entrevista.


Deixe a sua resposta