Como remunerar os quadros superiores da sua empresa

Tal como os empregados, as empresas têm direito ao seu próprio sistema de remunerações por todo o seu empenho e dedicação.

São elas que põem um determinado negócio a andar, a prestar serviços à comunidade, a mudar vidas.

Somos governados por executivos que sabem como colocar o mundo em andamento, tornando o dia-a-dia mais acessível.

Seguem-se algumas informações e formas de remunerar os quadros superiores da sua empresa.

 

 

Tipos de remuneração

  •                 O primeiro tipo de remuneração é, obviamente, o salário. O pagamento recebido por um dado serviço prestado, pois ninguém trabalha de graça.
  •                 Os bónus e comissões anuais tratam-se de prémios recebidos por um excelente trabalho feito, cujo valor depende somente da produtividade, da dedicação e assiduidade.
  •                  Depois existem ainda os benefícios sociais, que incluem aspectos como a saúde, alimentação, etc. Basicamente, os bens essenciais a um bem-estar no seio da empresa.
  •                  Benefícios um pouco mais específicos tratam-se de regalias partilhadas pelos executivos pertencentes ao topo da empresa, dependendo do tratamento fiscal. Normalmente tratam-se de pagamento de despesas de refeições, alojamento, combustível, portagens, assim como viagens e seguros de vida.
  •                 Os executivos podem ainda ser recompensados com  símbolos de estatuto, ou seja, cargos mais elevados, melhores cartões de crédito, pagamento de quotas em clubes, etc.
  •                 Os planos de stock também se encontram nas regalias, concedendo estes o direito a comprar acções da empresa.
  •                 As phantom shares funcionam de maneira semelhantes às stock, atribuindo um valor ás unidades participantes com base num determinado critério de valorização, oferecendo muito maior flexibilidade.
  •                 Se tiverem sorte, os executivos podem mesmo receber acções gratuitas da empresa, tornando-os em poderosos accionistas. Isto faz ainda com que fiquem mais comprometidos com os resultados da empresa.

Vantagens e desvantagens

Contudo, tanto as stock como as phantom share têm as suas vantagens e desvantagens:

 Stock:

 Vantagens

  •  Atraem e retêm as pessoas chave na empresa
  • Proporcionam grandes ganhos financeiros
  • Levam à partilha do sucesso da empresa
  • Não existe impacto contabilístico imediato nos resultados da empresa
  • A valorização das opções ao longo do tempo é objectiva e imparcial

 

Desvantagens

  •  Só é aplicável a sociedades anónimas cotadas em bolsa
  • É tão arriscado quanto os mercados bolsistas
  • A evolução das cotações não depende somente do desempenho do negócio
  • A atenção dos destinatários foca-se na evolução do negócio a curto prazo
  • Provocam a diluição do capital

 

Phantom:

Vantagens

  •  Utilizáveis por sociedades anónimas não cotadas em bolsa
  • Dependem dos resultados da empresa
  • Não têm impacto nos cash flows da empresa
  • Não implicam a diluição de capital
  • Não têm que mobilizar fundos próprios

 

Desvantagens

  •  Os destinatários recebem dinheiro e não acções
  • Têm um impacto negativo nos lucros

Estas são algumas das formas de remunerar os quadros superiores da sua empresa.

Os executivos, no plano geral, têm bastantes incentivos a receber e, desde que trabalhem com afinco, são capazes de ter acesso a muitos ou todos eles. É  como tudo na vida, não se consegue nada sem esforço e, quanto mais se esforça, mais se alcança. Podem mesmo tomar contas das empresas em que trabalham se souberem que metas atingir e como as atingir. E que melhor recompensa existe do que chegar ao topo do mundo e obter tudo a seus pés?


Deixe a sua resposta