Como receber um novo colaborador

Todos nós já passámos pela experiência de sermos o colaborador novo da empresa. O primeiro dia num novo trabalho traz sempre alguma ansiedade, quer se admita ou não. Mas isto é válido não apenas para quem entra, mas também para quem recebe a nova pessoa.

Saber como receber um novo colaborador implica uma expectativa e preocupação também para as chefias e restantes colaboradores da empresa, pois ainda não conhece detalhadmante como é a pessoa com quem se vai trabalhar, nem a sua forma de trabalhar. Assim, há a necessidade de criar empatia mutua desde o primeiro momento.

 

 

Orientações para receber o colaborador

Existem varias maneiras de fazer com que o novo colaborador se sinta bem desde o início. No fundo, há que lembrar que a primeira impressão é a que conta e a que fica para sempre marcada na memória.

Comece por preparar o espaço de trabalho do novo colaborador. É importante que a nova pessoa se sinta bem e integrada desde o primeiro dia.

Sugerimos uma visita guiada do novo espaço de trabalho. Ao novo colaborador há que mostrar a sua mesa de trabalho, o seu computador ou outros equipamentos que sejam necessários para que realize as tarefas que lhe competem. Esta preocupação inicial irá fazer com que a pessoa sinta que já a estavam a aguardar e que a empresa realmente necessita do seu contributo.

Se possível, reserve o dia para receber o novo colaborador. A pessoa encarregue  desta tarefa deverá libertar-se de compromissos para que passe o dia com este. É importante que seja apresentado à equipa de trabalho e se discuta e esclareça acerca das suas tarefas e objetivos. Não o faça esperar, nem deixe que seja outra pessoa a recebê-lo. Esta tarefa é, de facto, a única que não deverá ser delegada.

Outra opção viável é preparar um curso de formação que apresenta a história, cultura e principais objetivos da empresa. Aqui deverão ser explicadas as regras de funcionamento interno, principais direitos e deveres, horários e hábitos de trabalho. Também deverá ser apresentado o organograma da empresa, principais responsáveis, enquadramento da área em que se vai inserir o novo colaborador e respetivos objetivos. Claro que não deverá ser posto de parte a partilha de valores da equipa com que vai trabalhar, de modo a evitar o risco de não haver uma devida integração.

Ao novo colaborador deverá ser fornecida documentação com o material disponível sobre os temas já referidos. Dê tempo para que analisar esses documentos, mostrando-se disponível para responder a qualquer dúvida que surja.

A apresentação à restante equipa de trabalho é fundamental. Marque uma reunião informal com os elementos da equipa para que desde logo se comecem a conhecer. Poderá mesmo promover um almoço em conjunto. É sempre positivo que os colegas de trabalho se encontrem em ambientes menos formais e se sintam livres para serem eles próprios.

Por outro lado, se o antecessor do novo colaborador tiver sido promovido ou transferido de funções, ele poderá auxiliar na integração nas novas funções. Isto é importante pois o novo colaborador poderá ser apoiado nesta fase inicial de integração.

É ainda importante que o novo colaborador adquira uma visualização global da empresa, fazendo uma visita à mesma.


Deixe a sua resposta