As quatro vagas da gestão de processos

Dentro da gestão, o conceito de processo é sempre uma palavra-chave para existir o sucesso, e não haja qualquer dúvida que vai ser completamente essencial para o bom funcionamento de um negócio. Apesar disso, a gestão de processos moderna possui uma individualidade bastante própria, e atualmente já chegou a passar por quatro fases, ou que também poderão ser chamadas de vagas.

As duas primeiras fases da gestão de processos encontram-se diretamente ligadas a um simples objetivo, que é gerir os processos no seio da empresa com o objetivo principal de conseguir obter a excelência operacional, pois só desta forma é que vai conseguir garantir que se vai atingir um maior sucesso e uma maior qualidade a um preço menor. Por outro lado, também existem as terceiras e quartas fases da gestão de processos, a terceira tem a função de estabelecer uma organização orientada para o processo, e a quarta relaciona-se com a competição baseada no processo:

– Vaga 1: Qualidade

A ideia principal por trás da primeira vaga era conseguir estabelecer numa determinada empresa um processo de melhoria contínua, que podia ir-se desenvolvendo ao longo do tempo. Não haja qualquer dúvida que a grande ‘’moda’’ da qualidade e da certificação ter baixado nos últimos tempos, a primeira vaga de gestão de processos continua bastante atual e é um elemento completamente fundamental para conseguir manter toda a eficácia nas suas organizações atuais;

– Vaga 2: Reengenharia

A febre e a moda da reengenharia surgiu ao longo dos anos 90. Nos dias de hoje, uma grande quantidade de profissionais afirmam que isto foi realmente demasiado longe e conseguiu criar uma série de sérios e graves problemas para as mais diversas e variadas empresas, apesar de ter sito muito vantajoso para algumas organizações. Ao contrário do que a maioria das pessoas possam pensar, um processo de reengenharia não se relacionada com a redução de custos e de pessoal. Caso você ainda não saiba, a reengenharia é realmente uma espécie de abordagem de melhoria dos processos organizacionais que dá uso a todas as potencialidades das tecnologias da informação para conseguir repensar todo o desempenho da empresa em si.

– Vaga 3: Orientação para o processo

Um processo de gestão só vai ter sucesso se tiver na sua constituição todas as estruturas da gestão, todos os departamentos e todas as pessoas.

– Vaga 4: Estratégia

Ao contrário dos casos anteriores, a quarta vaga liga-se à anterior. Não é de qualquer forma uma fase alternativa mas só faz sentido se for integrada. Um ponto da uma maior importância mas que é, em algumas vezes, esquecido e todo o esforço de gestão de processos tem que ter em conta e estar alinhado com a própria estratégia da empresa.


Deixe a sua resposta