Um bom relacionamento com a comunicação social beneficia a sua empresa

O sector empresarial é cada vez mais competitivo, sendo por isso fundamental implementar estratégias eficientes de comunicação e divulgação das marcas e dos serviços prestados pela empresa. A boa relação com a comunicação social é uma das melhores formas de promover uma empresa em expansão e uma ferramenta de marketing imprescindível para ganhar mais credibilidade e notoriedade.

O primeiro passo para criar uma boa relação com a comunicação social é perceber que os jornalistas não trabalham unicamente para promover as empresas e que são eles que selecionam as matérias mais importantes a divulgar. Os colaboradores encarregues do gabinete de comunicação deverão por isso manter uma relação regular com estes profissionais da comunicação e tentar ganhar a sua confiança, mesmo em alturas que a empresa não tem informações para serem divulgadas.

Para os conquistar e motivar deve seguir alguns critérios:

  • Seja o mais preciso possível. A comunicação deverá ser clara e breve. Lembre-se que o jornalista é um profissional com uma agenda apertada e irá certamente apreciar o facto do seu tempo ser respeitado.
  • Seja organizado e prepare documentação de suporte. Quem não gosta de uma pessoa organizada? Esteja preparado para responder a perguntas sobre o tema que pretende divulgar e outras relacionadas com a área do seu negócio. Quanto mais bem preparado estiver, mais fácil se torna o trabalho do jornalista. Desta forma ajuda a criar uma boa imagem da empresa, facilitando comunicações futuras.
  • Dê o máximo de detalhes sobre a informação e forneça ao profissional diversas fontes de confiança. Tenha também o cuidado de nunca fornecer informação retardada ou desactualizada.
  • Fale sempre a verdade. Nunca forneça a um jornalista informações falsas ou corre o risco de quebrar a sua confiança. A credibilidade de um jornalista depende da veracidade da informação que divulga. Se lhe oferecer informações que não sejam verdadeiras a relação da empresa com esse jornalista será destruída.

Selecione a informação a transmitir

As empresas devem ter em conta a importância de filtrar de forma correcta a informação a transmitir e de definir correctamente os seus objectivos e publico alvo. Não desperdice dinheiro em campanhas sem sucesso e desfasadas da realidade actual. Se pretende divulgar um novo produto de características técnicas, não faz sentido divulga-lo numa revista generalista. Deverá por isso ter sempre em conta alguns aspectos para uma campanha de sucesso:

  • A área de informação da notícia a ser divulgada
  • O que a mensagem pode trazer de novo
  • As características e estrutura de cada órgão de comunicação social

A forma mais comum de comunicar com a imprensa são os press releases.  Para que tudo corra bem certifique-se que a informação chega à pessoa indicada e que o funcionário responsável pela coordenação de todo o processo faz a distribuição de tarefas e se encarrega de distribuir a informação pelos jornalistas responsáveis por cada área.

Os press-releases da empresa devem sempre provocar o efeito de “novidade”. Divulgar informações novas aumenta a possibilidade da notícia ser divulgada em vez de ser logo posta de parte. Devem ser escritos por ordem decrescente de importância e incluir sempre todos os contatos da empresa, para facilitar o trabalho posterior dos jornalistas, caso pretendam mais informações sobre o assunto. Dispor de um número de telefone ou de um endereço de email torna-se por isso indispensável. Caso seja um evento, devem ser facultados com alguma antecedência os dados sobre o local e horas em que este se irá realizar.

Em resumo, para criar uma boa relação com a comunicação social deverá manter um contacto regular com os profissionais que trabalham na área, embora sem exageros. Convocar frequentemente conferências de imprensa e sobrecarregar redacções pode trazer maus resultado para a empresa e saturar a sua imagem. Mantenha a relação com a comunicação social saudável e garanta que a sua empresa se destaca das restantes empresas concorrentes.


Deixe a sua resposta