No Marketing de rede aprenda a Promover os Produtos

Como distribuidor (ou marketeiro de rede), há uma série de hábitos que você tem que desenvolver.

Assim como os maus hábitos podem impedi-lo constantemente de fazer as coisas que são realmente importantes, os bons hábitos podem forçá-lo a fazer exatamente o oposto.

Mas para ter esses hábitos e empregá-los com sucesso, você primeiro deve investir tempo para desenvolvê-los.

Um dos hábitos mais importantes que você deve desenvolver é saber promover muito bem os seus produtos. Não importa quão bom é seu produto, ninguém vai querer vendê-lo se você não conseguir convencê-los a fazê-lo.

A parte espectacular de fazer isto é aprender a arte das vendas e/ou promoção.

Então, o que implicam as vendas?

As Vendas, implicam principalmente você ser capaz de comunicar tudo de forma clara e concisa.

Embora haja uma série de dispositivos importantes que você pode usar como vendedor, nenhum é tão importante quanto saber explicar claramente o que é que você quer que seu público-alvo de entenda.

Isto será importante em dois momentos: o primeiro é convencer os seus clientes de que o seu produto vale a pena ser comprado. A fim de fazer isso, você terá que relacionar de forma clara o produto como uma solução para um problema que eles têm.

Você terá que comunicar claramente os benefícios, e explicar porque é diferente ou melhor do que produtos similares.

Agora, na segunda vertente, você deve “vender” a oportunidade a todos os membros da sua rede. Eu, pessoalmente, sugiro que você faça isto de uma forma honesta e ética.

Se eles não podem realisticamente ganhar 30.000 dólares / ano no primeiro ano do seu programa, então não diga isso.

Em vez disso, diga-lhes o que as pessoas realmente têm feito e o que foi exigido.

É sempre importante comunicar claramente com os novos membros da rede. Explicar-lhes o que é que eles estão fazendo exatamente, e como você gostaria de sugerir o que eles poderiam fazer melhor.

Acima de tudo, lembre-se de empregar promoção muitas vezes, e para desenvolver isso como um hábito, e não apenas como uma habilidade.


Deixe a sua resposta