Como lidar com reclamações de funcionários

Todas as empresas em alguma fase da sua vida têm de lidar com diversas situações problemáticas. Uma das situações que pode ocorrer mais frequentemente são as reclamações de funcionários da empresa.

Ainda que a empresa possua apenas um trabalhador, pode estar certo que, mais tarde ou mais cedo, reclamações acerca dos mais variados assuntos podem surgir. E a probabilidade de tal acontecer aumenta substancialmente em empresas de maiores dimensões, que empregam centenas de funcionários ansiosos pelo trabalho perfeito.

Mas como até hoje ninguém conseguiu criar ainda o trabalho perfeito, capaz de agradar a todo o género de trabalhadores, torna-se necessário que a empresa desenvolva estratégias inteligentes para conseguir lidar eficazmente com as reclamações dos seus funcionários.

 

 

A forma como a empresa lida com estas reclamações é o que torna toda a situação melhor ou pior. Quando se trata de uma queixa apresentada por um empregado, é importante manter os seguintes pontos em mente:

Política de “porta aberta”

Uma política de porta aberta permite que qualquer funcionário possa colocar a sua reclamação diretamente a qualquer gestor da empresa a qualquer momento. Ao criar esta política, vai possibilitar que os trabalhadores reportem as suas queixas diretamente  à chefia e não aos seus colegas de trabalho, o que poderia fomentar ainda mais queixas da parte dos restantes funcionários que se pudessem identificar com o mesmo tipo de situação.

Saiba ouvir

Nada é tão irritante como ter alguém a acenar com a cabeça, mas que na realidade não está a ouvir. Evite começar a mexer no computador, correspondências, ou executar alguma outra tarefa enquanto o funcionário está a expressar-se. Mantenha contato com os olhos, olhe no rosto do seu empregado e deixe o computador e a mesa para outra altura mais apropriada.

As reclamações dos funcionários podem nem sempre ser válidas. Mesmo se você não concordar com o que o funcionário tem a dizer, deve mesmo assim ouvir e dar toda a atenção à sua versão dos factos.

Documente a queixa

Documente a queixa apresentada pelo funcionário e tome notas detalhadas dos motivos apresentados, da identificação do funcionário e das acções que vão ser desenvolvidas no sentido de resolver o problema. Dê um prazo para a situação ficar resolvida e certifique-se que o funcionário lê o documento, garantindo assim que nada vital será deixado de fora.

Sempre que possível deixe o funcionário participar na resolução do problema, quer seja com ideias ou acções diretas. Juntos, discutam os prós e os contras das diversas soluções.  Incluir o empregado no processo de resolução demonstra novamente o seu desejo de eliminar o problema e soluciona-lo o mais rapidamente possível.

Agende uma reunião de acompanhamento

Depois de tomadas todas as medidas para eliminar o motivo de queixa, discuta como a resolução do problema mudou a situação.   A fonte do descontentamento foi eliminada?  A solução criada tem quaisquer outras questões que podem precisar de ser abordadas? Seja positivo e olhe para cada reclamação como uma oportunidade para se melhorar a si mesmo, os seus funcionários e, até a sua própria empresa.


Deixe a sua resposta