Como gerir a saída de um funcionário da empresa

Mais cedo ou mais tarde um dos melhores funcionários da empresa pode pedir para sair da empresa. Este anúncio inesperado não precisa de se tornar num tormento para a empresa, sendo necessário estabelecer estratégias para quando este tipo de situações ocorrem.

Cada empregado que apresenta a sua renúncia ao empregador levanta uma série de questões. Como anunciar a demissão do empregado? Quem precisa de saber acerca da sua demissão? Quando é a altura indicada para revelar esta informação aos restantes funcionários da empresa?

Lembre-se que ninguém é insubstituível. Perder funcionários até pode não ser um mau sinal, desde que não se torne um hábito. Assim, quando a tradicional contraproposta não surte efeito, o melhor que pode fazer é tentar inverter a despedida de um bom elemento num facto positivo para a empresa.

Neste artigo vamos ajudá-lo a gerir eficazmente a saída de um funcionário da empresa.

Analisar as razões para a saída

Tente averiguar as razões que levaram à decisão de sair da empresa. Aproveite o facto de o empregado está de saída e sentir-se à vontade para dar uma opinião sincera. Perca tempo a falar com o empregado, pois da parte de quem sai da empresa é comum haver uma visão clara dos pontos fortes e fracos da organização.

Poderá considerar facultar um questionário de saída ao funcionário em causa, de forma a obter um complemento de informação para a gestão da empresa e uma boa ferramenta para lidar com situações futuras semelhantes. Este questionário deverá ser feito pelo responsável dos Recursos Humanos da empresa e pode ser preenchido pela própria pessoa ou ser do tipo entrevista.

O questionário de saída deverá apurar:

  • as razões da saída;
  • as oportunidades que oferecem ao seu empregado na outra empresa;
  • as razões pelas quais não teve essas oportunidades na sua empresa.

Adicionalmente, se o empregado tem responsabilidades em relação a contactos com clientes, ele pode e deve fornecer uma introdução para a pessoa que vai assumir essas mesmas responsabilidades.

Informar os restantes colaboradores da empresa

Em primeiro lugar, para notificar os outros empregados sobre a demissão de um empregado, comece sempre por informar o departamento em que estava inserido da demissão. Se possível convoque uma pequena reunião para o fazer, informando com alguma antecedência de quando será o último dia de trabalho do funcionário na empresa. Envolva os restantes funcionários neste processo e solicite a sua colaboração para fazer face às responsabilidades que terão de ser cumpridas apesar da saída do seu colega. Tenha o cuidado de delegar as tarefas para que não ocorram equívocos em relação a quem as faz e como irão ser cumpridas.

Os restantes funcionários deverão também ser informados do tempo previsto para  que o cargo, que vai ficar disponível, seja novamente ocupado por outro colaborador. Geralmente, os bons funcionários irão mostrar-se disponíveis para realizar o trabalho extra ou trabalhar mais horas, no entanto, certamente irão gostar de saber o período de tempo durante o qual este trabalho extra será necessário.

Substituição do funcionário

Quando a saída está consumada, a substituição deve ser rápida, mas criteriosa. Em primeiro lugar, observe se existe alguém na empresa que possa ocupar a função que fica vaga. Se isso não for possível, ponha em marcha o processo de recrutamento e selecção de um substituto vindo de fora da empresa.


Deixe a sua resposta