A ESTRATÉGIA DOS SEIS SIGMA: como funciona

A estratégia dos Seis Sigma consiste num conjunto de práticas que foram originalmente desenvolvidas para a Motorola, por forma a melhorar de modo sistemático os processos ao eliminar os defeitos.

Define-se como uma estratégia de gerência para promover mudanças nas organizações, com vista à melhoria dos processos, produtos e serviços, obtendo assim a satisfação dos clientes.

Sendo diferente de outras formas de gestão de processos produtivos ou administrativos, o Seis Sigma (Six Sigma) prioritiza a obtenção de resultados de uma forma planeada e clara, tanto no que toca a qualidade como, e especialmente, financeiros.

Para o entender é preciso compreender o seu princípio fundamental: reduzir, de forma contínua, a variação nos processos, eliminando defeitos ou falhas nos produtos e serviços.

De facto, a prática do Seis Sigma é vista, hoje em dia, como uma prática de gestão voltada para a melhoria da lucratividade de qualquer empresa, independentemente do seu porte. Esta prática tem como finalidade o aumento da participação de mercado, reduzindo os custos e otimizando as operações da empresa que a utiliza.

 

 

Metodologias

Para saber como funciona a estratégia dos Seis Sigma, há que verificar as duas metodologias que insipram este tipos de projetos, inspiradas pelo Plan-Do-Check-Act Cycle de Walter A. Stewart. São a metodologia DMAIC e DMADV.

  • O DMAIC é usado para projetos com foco na melhoria de processo de negócios já existentes. Com Define the problem, a questão defini-se partindo de opiniões de consumidores e objetivos do projeto. É com Measure the key aspects que se medem e investigam as relações de causa-efeito. É com analyse dos dados que vai poder identificar as causas dos defeitos e das oportunidades de melhoria. Já quase no fim, improve the process ao otimizar toda a análise de dados usando técnicas  como desenhos de experiências ou provas de erros, estabelecendo um padrão para o trabalho e criando um novo estado de processo. Por fim, o Control implica o conseguir controlar o futuro estado do processo para se assegurar que eventuais desvios do objetivo sejam corrigidos antes que se tornem em defeitos.
  • A metodologia DMADV (também conhecida como DFSS – Desgin For Six Sigma) é usada para projetos focados na criação de novos desenhos de produtos e processo. Define goals, ou seja, define objetivos que sejam consistentes com as exigências dos clientes e estratégia da empresa. É com Measure and identify que se vão verificar as características críticas para a qualidade, capacidades do produto, bem como do processo de produção e riscos. Com Analyze vai poder analisar, desenvolver e projetar alternativas, criando um desenho de grande nível e avaliando as capacidades para selecionar o melhor projeto.  É com os design details que poderá otimizar o projeto e planear a verificação do desenho. Esta torna-se numa das fases mais longas pois necessita de muitos testes. A última fase desta metodologia tão importante para se saber como funciona a estratégia dos Seis Sigma,  é a verify the design, em que o projeto serve de base para executar projetos piloto, implementando o processo de produção e entregando-o ao proprietário.

Deixe a sua resposta